Campos Machado acionou o MP para investigar Doria por suposta improbidade, desvio e compra de votos em votação de PL529

Na manhã desta sexta-feira (02), o líder do PTB na Assembleia Legislativa de São Paulo, deputado Campos Machado, protocolizou ofício que solicita abertura de procedimento investigatório ao Ministério Público Estadual, sobre suposto assédio a parlamentares, com oferta indevida de recursos públicos, compra de votos e desvio de recursos, que poderiam configurar prática de improbidade administrativa do governador Agripino Doria.

O documento enviado pelo gabinete do deputado ao Procurador Geral de Justiça, Mario Sarrubbo, destaca depoimentos de parlamentares paulistas, atestando e confirmando terem recebido oferta de dinheiro público em troca de voto favorável ao PL 529. De acordo com o documento, tais ações representam “prática criminosa de compra de votos”.

O texto destaca, ainda, que o “atual Governador de São Paulo ofertou a quantia de R$ 30.000.000,00 (trinta milhões de reais) para cada Deputado ou Deputada que votasse favoravelmente ao referido projeto de lei”, e que também teriam ocorrido ofertas de outros 20 milhões de reais - em emendas - a serem indicados pelos deputados (favoráveis ao projeto) em seus redutos eleitorais.

Para Campos Machado, “o teor das denúncias é de indiscutível gravidade. Por ser, o PL529, um genocídio das políticas públicas e um suicídio político, o governo parece ter ido muito além do que permitem as relações republicanas para aprová-lo, já que, afinal, além de inconstitucional, este projeto é vergonhoso, pois extingue políticas públicas de fundamental importância para os mais pobres e ainda aumenta impostos”, critica o deputado.

Campos também pontua que “tais denúncias não podem ficar “a mercê dos ventos” e nas palavras proferidas, e que devem ser devidamente apuradas e investigadas, com a busca dos reais responsáveis por essa nefasta prática, que só faz macular o sistema de governo do nosso Estado, e, consequentemente, a Assembleia Legislativa paulista”.

 Com informações do Instagram do deputado